Fólio Digital

(21) 2558 - 2326

© 2019 by Folio Digital. Created with Wix.com

NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Twitter
  • Instagram

@folio.digital

“Há a orelha de abano, a orelha elefantina do Papa João XXIII, a orelha de Catherine Hepburn e a de Leila Diniz; mulher mais de dizer do que de ouvir – de por a barriga em biquíni na avançada gravidez; Isabel Allende, nos diz por seu turno: “As mulheres gostam que lhe digam palavras de amor. O ponto G está nos ouvidos. Inútil procurá-lo em outro lugar.”


Orelha assim nada mais é do que um uma forma, enquanto o ouvido capta o que é mais profundo. Cazuza escreveu “Que só eu podia/ Dentro da tua orelha fria/ Dizer segredos de liquidificador”.


Orelha-ouvido então para quem é poeta não tem apenas uma de cada lado do rosto; cada uma é mais que uma orelha-ouvido, porque para muita gente orelha é só orelha (um ornato, às vezes com brincos) e o ouvido é para as dores de ouvido, isto é, dois lugares comuns fora das páginas de um livro, cuja capa assim fica protegida por um conteúdo virado para o interior da primeira e da última pagina.


Isabel de Allende mistura a orelha-ouvido com dizeres ternos e ponto G. O melhor poema de um livro também é semelhante a esse ponto. Sim o bom poema é um êxtase – encantamento!


Em Tintas do bisturi não há um poema orelha, mas há o encantamento-êxtase capaz de ser enxergado na leitura labial do acontecimento inevitável no leitor, mesmo em tom baixo, para si mesmo e sua orelha-ouvido de ler a poesia bem escrita.”

Tintas do Bisturi

REF: 9788561012250
R$ 9,90Preço
  • Título: Tintas do bisturi

    Autor: Alberto Daflon Filho

    Ano: 2014

    Edição: 1ª edição

    Idioma: Português

    Especificações: Arquivo em formato .epub